Robinho chegou ao Fluminense em 2017 para ser o substituto de Richarlison (Foto: Divulgação)

O Fluminense conseguiu equacionar ao Atibaia-SP uma dívida referente à compra do atacante Robinho. A contratação aconteceu em 2017 por 2 milhões de euros à época (ainda na gestão do ex-presidente Pedro Abad). O clube paulista cobrava o valor de R$ 3.755.265,72 e, caso não houvesse um acordo, o Tricolor corria o risco de penhoras.

O NETFLU entrou em contato com o Fluminense e confirmou que houve o equacionamento do débito com os paulistas. No ano passado, o Atibaia ingressou com ação na Justiça para cobrar o clube das Laranjeiras.

Robinho foi contratado ao clube paulista e chegou ao Flu para ser o substituto de Richarlison, vendido ao Watford (ING) em 2017. O atacante estava no Figueirense por empréstimo, onde se destacava. No Tricolor, nunca conseguiu deslanchar. Disputou 30 jogos e fez quatro gols. Foi emprestado para diversos clubes e esteve mais recentemente no Bashundhara Kings, de Bangladesh.

O vínculo de Robinho com o Fluminense foi reativado, mas apenas uma mera formalidade, já que retornou de empréstimo. O contrato termina em outubro deste ano e não será prorrogado.