Foto: Reprodução TV Globo

Alvo de interesse do Fluminense para reforçar seu ataque, o nome de Eduardo Sasha foi cotado no Tricolor e o clube chegou a entrar em contato com o Atlético-MG. As negociações, no entanto, não evoluíram. Em entrevista ao portal GE, Mário Bittencourt, presidente do Time de Guerreiros, negou a informação divulgada nesta terça-feira sobre um suposto oferecimento de atletas ao Galo como moeda de troca, como o zagueiro Nino.

– Assim que pensamos no nome do Sasha, contatamos o representante, que nos informou que o Atlético MG não negociaria o atleta em hipótese alguma para o Fluminense. De lá pra cá não houve nenhum outro contato, seja com o representante, seja com o clube. Não oferecemos jogadores. Mesmo que houvesse qualquer negociação, o nome do Nino jamais seria oferecido por nós. Ele é um dos nossos jogadores mais importantes do elenco e contamos com ele para toda a temporada – disse.

De acordo com Bittencourt, o foco principal do Fluminense ainda é Willian Bigode. O Tricolor planeja um esforço financeiro para contratar o atacante, que foi um pedido do técnico Roger Machado. Uma reunião entre o atleta e o Palmeiras nos próximos dias deve definir o seu futuro. Caso não renove, o Flu aparece como um dos principais candidatos pelo jogador.