Dos ex-santistas no Fluminense, Ganso é certamente o que deixou maior saudade no adversário (Foto: Mailson Santana/FFC)

Desde que chegou ao Fluminense, em 2019, Ganso viveu momentos de amor e ódio com os torcedores tricolores. Em seu primeiro ano, com Fernando Diniz, teve boa participação na temporada mesmo que o time não tenha alcançado títulos. Já em 2020 e 2021, foi praticamente esquecido, sendo um reserva de luxo. Para muitos, Ganso estava acabado para o futebol. Só que…

LEIA MAIS: Pela Glória Eterna #08 – Perseguido por parte da torcida, Martinelli se torna peça importante na busca do sonho


Veio 2022. Já com Abel Braga, a “ave” renasceu e fez ótimo Carioca. Com a volta de Diniz, recuperou seu status de maestro, fazendo a orquestra tricolor funcionar. Recuperou o amor e a idolatria da torcida com seus passes tirados da cartola. Tudo ia muito bem até as lesões voltarem a o atrapalhar em 2023 em um momento crucial da temporada.

(Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

LEIA MAIS: Pela Glória Eterna #09 – “Coringa” de Diniz, Lima vira o 12º jogador na caminhada rumo ao topo da América

Nos sobes e desces da gangorra, Ganso vive um momento de alta. Foram três assistências nos últimos três jogos em que esteve em campo. Aparentemente 100% recuperado da fascite plantar que o atormentou, que melhor momento do que esse para, definitivamente, dar a volta por cima? Dia 4 de novembro bate à porta e o destino pode reservar algo magistral. É pela Glória Eterna, Ganso!

“Pela Glória Eterna” vai trazer, todos os dias, até 4 de novembro, alguns dos nomes mais cotados a possíveis heróis do Fluminense na final da Libertadores de 2023. De Fábio a Cano. Vamos todos juntos em busca de fazer história e da sonhada taça que falta nas Laranjeiras!

A SÉRIE:
– Pela Glória Eterna #01 – Do vice em 2009 ao 100º jogo, Fábio pode fazer história junto com o Flu
– Pela Glória Eterna #02 – De renegado a herói improvável, Samuel Xavier foi salvador do Flu em momento crucial
– Pela Glória Eterna #03 – Capitão, Nino “roeu o osso” em momento de reconstrução e pode erguer troféu dia 4
– Pela Glória Eterna #04 – Bicampeão da América, Felipe Melo pode dar ao pai e ao Flu taça que falta no acervo
– Pela Glória Eterna #05 – Cria de Xerém, Marcelo abdica do dinheiro, volta para casa e pode “libertar” sua torcida
– Pela Glória Eterna #06 – André recusa Europa, opta por ficar e busca sonho da América e idolatria no Flu
Pela Glória Eterna #07 – Alexsander conquista espaço, supera lesões e pode se eternizar no Flu aos 20 anos