Tag

Pep Guardiola

Browsing

O futuro do técnico espanhol Pep Guardiola no Manchester City está em pauta nos bastidores. Logo após conquistar a Premier League pela quarta vez consecutiva, o comandante deixou em dúvida sua permanência para os próximos anos.

“A minha sensação neste momento é que eu quero ficar para a próxima temporada. Vou conversar com o clube, temos tempo para conversar (…) A verdade é que eu estou mais perto de sair do que de ficar”, afirmou.

Manchester City vai fazer proposta a Guardiola

O contrato do treinador com a equipe inglesa tem duração de apenas mais uma temporada. Em recente entrevista à ESPN, Guardiola já indicou que deseja um novo desafio para a carreira, com o objetivo de treinar uma seleção nacional para participar de uma Copa do Mundo.

“Não sei quem me quer. Para trabalhar em uma seleção, eles precisam te querer, como nos clubes. Não sei quando, daqui a 5, 10 ou 15 anos, mas gostaria de disputar uma Copa do Mundo como técnico”, afirmou.

A diretoria do Manchester City já está ciente de todas as especulações e não quer saber de perder tempo. Segundo informou o jornal Mirror, o Clube está preparado para elevar o salário de Guardiola em uma nova proposta.

Para convencer o treinador a permanecer, os Citzens sinalizam com vencimentos na casa dos 20 milhões de libras (cerca de R$ 136,15 milhões) por temporada.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Guardiola não poupou elogios ao falar sobre seu ex-jogador

O técnico Pep Guardiola não poupou elogios ao falar sobre Ilkay Gundogan, seu ex-atleta no Manchester City. Sob o comando de Guardiola, Gundogan se tornou uma peça muito importante no clube inglês, conquistando diversos troféus.

Com a camisa do Manchester City, Gundogan venceu mais de uma vez a Premier League, além de ter conquistado o tão sonhado título da Liga dos Campeões na temporada 2022/23. Em entrevista para a revista Stern, o técnico espanhol revelou que o atleta era importante dentro de campo e também no vestiário.

O Gundogan não falava muito, mas quando o fazia, todo a gente o ouvia, incluindo eu como treinador. Era claro e direto. É um jogador muito inteligente, um dos mais inteligentes que já treinei. Foi a chave para o nosso êxito

Diferencial do atleta é sua inteligência

Na entrevista, Pep Guardiola valorizou a inteligência de Ilkay Gundogan, afirmando que este é o grande diferencial do jogador, que agora defende as cores do Barcelona. Enquanto tem muita qualidade, Gundogan é um jogador que também consegue tomar decisões corretas sob pressão.

Um jogador pode ser rápido, pode ter um bom chute, mas o que o faz destacar-se e tornar-se um jogador de elite é a sua inteligência. Tomar decisões corretas sob pressão, saber o que a equipe precisa em cada momento, é o tipo de jogador que procuro. Só tive de explicar as coisas ao Gundogan uma vez. Entendeu tudo e colocou-o em prática. É extraordinário.

Pep Guardiola também revelou que o atleta é muito reservado e não costuma fazer barulho em festas. Ambos foram vizinhos e Guardiola não tem motivos para reclamar do jogador. O treinador do City garantiu que Gundogan será um grande treinador.”

Me lembro das nossas conversas. A sua visão de jogo, as ideias. Estou convencido que um dia será um grande treinador. Era um prazer falar de tática com o Gundogan. Se precisasse de azeite para a salada, ia ter com o Gundogan. Era muito reservado, não fazia barulho nem festas. Era o vizinho perfeito. Quando ganhámos a Liga dos Campeões, fui para casa dele com a minha família e bebemos juntos uma garrafa de champanhe.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Mario Gotze comparou os treinadores

Mario Götze revelou de que maneira Jürgen Klopp supera Pep Guardiola. O jogador alemão acredita que o estilo de gestão de pessoas do ex-comandante do Liverpool leva vantagem contra o de Guardiola, o que lhe dá uma vantagem.

Em entrevista para a ZEITmagazin, Mario Götze afirmou que Jürgen Klopp “tem um grande feeling pelas pessoas”, enquanto Pep Guardiola se preocupa com os resultados dentro de campo. Götze aprendeu sobre os técnicos enquanto atuava no Borussia Dortmund e Bayern de Munique, onde foi treinado por Klopp e Guardiola, respectivamente.

Quando se trata de gerenciar pessoas, eu estava acostumado com Jurgen Klopp. Jurgen, então como agora, simplesmente tem um grande feeling pelas pessoas e suas situações. Com o Pep [Guardiola], tudo se resumia ao desempenho

Jogador falou sobra a Copa do Mundo

Na entrevista, Mario Götze também falou sobre ganhar a Copa do Mundo. O atleta fez o gol do título da Alemanha em 2014, contra a Argentina, quando tinha apenas 22 anos. Götze valorizou o título, no entanto, revelou que preferia ter marcado o gol no fim de sua carreira.

Se eu pudesse pintar um quadro da minha carreira, teria marcado o gol aos 35 anos em meu último torneio e então teria dito: ‘É isso, estou me aposentando’.

Mario Götze teve uma carreira de sucesso passando por clubes como Borussia Dortmund, Bayern de Munique e PSV. O meio-campista conquistou troféus nas três equipes. No entanto, o jogador, que atualmente defende o Eintracht Frankfurt, não se destacou da maneira que era esperada após a Copa do Mundo de 2014.

Receba notícias da Bundesliga no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Técnicos com mais títulos na história

Carlo Ancelotti venceu mais um título com o Real Madrid. O italiano cresceu ainda mais na lista de técnicos com mais títulos na história do futebol mundial. Após conquistar novamente a Liga dos Campeões, Ancelotti ocupa a nona posição do ranking.

No topo da lista, Alex Ferguson lidera soberanamente. O lendário treinador do Manchester United possui 49 troféus em seu currículo. Passando uma vida no clube inglês, Ferguson conquistou 13 vezes a Premier League e venceu duas Ligas dos Campeões.

MIrcea Lucescu, que também está aposentado, aparece na segunda colocação da lista. O treinador se destacou principalmente no futuro russo, construindo uma carreira de muito sucesso. Lucescu possui 35 títulos conquistados.

Pep Guardiola aparece completando o pódio. Sendo o único do top três que ainda está em atividade, o treinador do Manchester City pode subir ainda mais no ranking se continuar no ritmo atual. O técnico espanhol já conquistou 32 taças na sua carreira.

  • Alex Fergunson – 49 títulos
  • Mircea Lucescu – 35 títulos
  • Pep Guardiola – 32 títulos
  • Valery Lobanovsky – 29 títulos
  • Jock Stein – 26 títulos
  • Luiz Felipe Scolari – 26 títulos
  • Ottimar Hitzfeld – 25 títulos
  • José Mourinho – 25 títulos
  • Carlo Ancelotti – 23 títulos

O título mais recente de Carlo Ancelotti

O treinador da lista com um troféu mais recente é Carlo Ancelotti, que conquistou a Liga dos Campeões no último sábado. Comandando o Real Madrid, o treinador chegou ao seu quinto título na Champions League, com três destas orelhudas tendo sido conquistadas pelo time espanhol.

Na grande final, o Real Madrid venceu o Borussia Dortmund por 2 a 0. Carvajal e Vinicius Júnior fizeram os gols da partida. Los Blancos conquistaram o maior torneio europeu de clubes pela décima quinta vez na história.

[lwptoc]

Guardiola se decepcionou com jogador do Manchester City

Pep Guardiola, técnico do Manchester City, supostamente ficou “furioso” com a má forma de Jack Grealish na temporada 2023/24. Após ter sido muito importante no triplete conquistado em 2022/23, o jogador inglês não conseguiu repetir o mesmo desempenho e atuou abaixo do esperado.

A temporada foi complicada para o meio-campista, enquanto Jack Grealish teve que lidar com lesões, perda de forma e até mesmo um assalto traumático em sua casa. De acordo com o The Athletico, o treinador dos Cityzens ficou “frustrado, às vezes furioso” com o desempenho do atleta na campanha.

Apesar da decepção com o jogador da seleção da Inglaterra, o treinador Pep Guardiola ainda tem confiança no jogador e valoriza o que Grealish pode oferecer ao Manchester City. O treinador pediu ao jogador para redescobrir sua melhor forma antes da nova temporada começar.

Meio-campista não sairá do time

Mesmo atuando abaixo do esperado, Grealish atraiu o interesse de Tottenham e Bayer de Munique. Embora o atleta não esteja no auge pela equipe, o Manchester City não negociará o jogador. O relatório aponta que para o clube inglês “não há chance” de Grealish deixar o Etihad.

Pep Guardiola defendeu o atleta durante uma entrevista coletiva. O treinador espanhol admitiu que o jogador teve problemas na temporada, mas apoiou o meio-campista. Guardiola acredita que o jogador pode recuperar sua melhor forma.

Recentemente, Jack Grealish mostrou-se grato ao comandante do Manchester City. O jogador também admitiu problemas; no entanto, valorizou a forma como Guardiola tem lidado com a situação. O jogador da seleção inglesa pretende retribuir com performances melhores.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

O Manchester City voltou a fazer história na temporada 2023/24. A equipe comandada pelo espanhol Pep Guardiola se tornou a primeira a conquistar a Premier League por quatro vezes consecutivas. Na briga pelo título com o Arsenal, os Citzens garantiram o troféu apenas na última rodada.

A última partida da temporada, entretanto, foi marcada por derrota. No último sábado (25), o Manchester City acabou derrotado pelo Manchester United, em Wembley, na decisão da FA Cup.

Guardiola pode deixar o Manchester City

De olho no futuro, o treinador espanhol, de 53 anos, avalia deixar o clube inglês. Segundo informações publicadas pela reportagem do jornal Daily Mail, Guardiola planeja buscar um novo desafio após o término de seu contrato, que vai até a metade de 2025.

“A realidade é que estou mais perto de sair do que ficar. São oito anos, serão nove. No momento, a sensação é só que quero ficar na próxima temporada”, afirmou Guardiola, em entrevista após conquistar a Premier League pela sexta vez.

A diretoria do Manchester City já está ciente da possibilidade e não deseja perder o comandante. No entanto, o Clube irá deixar a decisão final nas mãos de Guardiola, que está à frente da equipe desde 2016 e já soma incríveis 17 títulos.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

O técnico Pep Guardiola surpreendeu todo mundo na festa de comemoração do título da Premier League do Manchester City. Logo após a vitória diante do West Ham, que confirmou a história quarta conquista dos Citzens no Campeonato Inglês, o espanhol colocou seu futuro em xeque.

“O certo é que estou mais perto de sair do que de ficar. São oito anos (à frente do City), serão nove”, disse o treinador, indicando uma saída em 2025, ao término de seu contrato.

Guardiola quer assumir seleção europeia

Segundo informações reveladas pelo jornalista David Sánchez, após o término de seu atual contrato com o Manchester City, o técnico, atualmente com 53, deseja ter uma nova experiência na carreira e assumir o comando de uma seleção nacional.

Ainda de acordo com o repórter, a preferência de Guardiola é trabalhar na Inglaterra. Diante das dúvidas a respeito do futuro do espanhol após 2025, alguns substitutos já vêm sendo cotados nos Citzens, como Roberto De Zerbi, que deixou o Brighton.

Neste momento, a Seleção Inglesa é treinada por Gareth Southgate, que, inclusive, já divulgou a convocação para disputa da Eurocopa. O futuro dele, entretanto, é incerto. Recentemente, o treinador apareceu como alvo do Manchester United.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Pep Guardiola falou sobre seu goleiro em entrevista

Pep Guardiola, o técnico do Manchester City, foi extremamente sincero ao falar sobre o goleiro Stefan Ortega. O comandante do clube inglês afirmou que não sabia quem era o atleta antes do clube resolver contratá-lo. Hoje, Ortega tem um papel importante entre os atletas do elenco.

Substituindo o brasileiro Ederson em várias ocasiões, Stefan Ortega se tornou uma figura chave no Manchester City na temporada atual. O atleta tem grande participação na campanha que pode dar ao título a oitava taça da Premier League em sua história.

Uma das defesas mais memoráveis e importantes na temporada ocorreu contra o Tottenham. Stefan Ortega evitou um gol de Son Heung-min na vitória do Manchester City por 2 a 0. Na ocasião, o goleiro entrou no lugar de Ederson durante a partida, após lesão do brasileiro.

Treinador fala sobre a contratação do goleiro

Em entrevista coletiva, Pep Guardiola afirmou que não foi o responsável pela contratação de goleiros. O treinador ainda elogiou Ederson, creditando ao goleiro brasileiro o título da Liga dos Campeões. Guardiola afirmou que agora possui dois grandes goleiros.

Não. Foi meu departamento de goleiros. As pessoas falam sobre a defesa incrível porque é isso que é. Eddy [Ederson] fez isso muitas vezes antes. Sabe por que ganhamos a Liga dos Campeões? Ederson fez defesas incríveis em 1-0. E contra o Benzema. Ele foi a chave para a vitória. Não dá para definir este período sem Eddy. Foi um período estranho para Eddy, quatro vezes lesionado, nunca vi isso. Hoje temos dois goleiros de alto nível.

Após encerrar contrato com o Arminia Bielefeld, Stefan Ortega chegou ao Manchester City em 2022, em uma transferência gratuita. O atleta substituiu Zack Steffen, que não conseguiu se firmar como o reserva de Ederson no Etihad Stadium. Guardiola afirmou que o treinador de goleiros, Xabi Mancisidor, foi o responsável pela contratação.

Foi o Xabi. Isso aconteceu no passado, ele me apresentou dois ou três goleiros, eu disse ok, vamos lá. Eu não sou especialista em goleiros, é por isso que tenho treinadores para isso. Ele fez muito bem.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Pep Guardiola falou sobre as próximas temporadas

O técnico Pep Guardiola afirmou que o Arsenal será o seu adversário mais próximo na disputa pelo título da Premier League no futuro. O treinador do Manchester City vê os Gunners com muito potencial para as próximas temporadas.

Sob o comando de Mikel Arteta, o time quase ficou com o título em 2022/23, deixando a taça escapar após muitas rodadas na liderança. Agora, o time chega na última rodada da temporada com a chance de acabar com a hegemonia do Manchester City, após outra temporada de ótimo nível.

Mesmo que sua equipe precise apenas fazer sua parte, ganhando o jogo deste domingo, para conquistar a liga nacional, Guardiola destacou a qualidade dos Gunners. O treinador espanhol acredita que o Arsenal será uma grande dor de cabeça nos próximos anos.

Para o futuro? O Arsenal está dando a mensagem… e nós entendemos. Tenho algumas coisas certas na minha vida. Eu acordo de manhã e vou dormir à noite. Outra certeza, com a idade que têm, o treinador que têm, a maneira como jogaram nas últimas duas temporadas – eles ficarão aqui por muito, muito tempo. É por isso que entendemos a mensagem.

Rodada decisiva para Manchester City e Arsenal

A última rodada da Premier League decidirá quem fica com o título. O Manchester City precisa vencer o West Ham, em casa, para manter sua hegemonia e tornar-se o primeiro clube a conquistar quatro Premier League consecutivas.

Enquanto o time de Pep Guardiola joga pela sua oitava taça da liga nacional, os Gunners torcem por um tropeço. Também jogando em casa na última rodada, o Arsenal precisa vencer o Everton, ao mesmo tempo em que torce para uma derrota ou empate do City para ficar com a taça.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

O final de semana será decisivo na Premier League. No domingo (19), a partir das 12h (horário de Brasília), a última rodada vai definir o campeão da temporada.

Atualmente na primeira posição, o Manchester City, que soma 88 pontos, depende apenas de si para ficar com a taça. O Arsenal, por sua vez, precisa vencer e torcer por um tropeço dos Citzens – os Gunners estão na vice-liderança com 86 pontos.

Guardiola projeta duelo decisivo do Manchester City

Os postulantes ao título vão atuar diante de seus torcedores na rodada final. O Manchester City, que terá um desfalque importante, receberá o West Ham, enquanto o Arsenal terá pela frente o Everton.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (17), o técnico Pep Guardiola projetou a decisão para os Citzens. O comandante espanhol brincou que sonha com um duelo tranquilo. Entretanto, ele espera por muita emoção, a exemplo do que aconteceu na temporada 2021/22, quando seu time ficou com a taça após uma virada incrível diante do Aston Villa.

“Gostaríamos de estar vencendo por 3 a 0 após 10 minutos contra o West Ham… mas isso não vai acontecer. Tenho a sensação de que será como o Aston Villa em 2022. Estamos prontos. Os meus jogadores nunca desistirão”, analisou o treinador.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp:!

[lwptoc]

Pep Guardiola é o treinador mais vitorioso da Premier League desde que chegou ao Manchester City. Perto de alcançar sua quarta conquista consecutiva, é impossível falar da trajetória do City sem mencionar a rivalidade contra o Liverpool. Os Reds disputaram diversos Campeonatos Ingleses, decididos nas últimas rodadas contra os Cityzens. Com isso, a equipe de Jurgen Klopp ganhou o respeito e admiração de Guardiola.

Guardiola exalta Liverpool e comenta sobre disputa pelo título da Premier League

Líder da Premier League com dois pontos de vantagem sobre o Arsenal, o Manchester City é favorito a ser campeão inglês mais uma vez. Nesta terça-feira, o clube conseguiu uma vitória muito importante por 2 a 0 sobre o Tottenham Hotspur. Após a partida, Pep Guardiola comentou sobre o rival Liverpool, que ficou na disputa pelo título por muitas rodadas.

Guardiola não poupou elogios aos Reds, mas destacou as chances perdidas que condenaram as chances do time de vencer o Campeonato Inglês.

“Vi jogos do Liverpool nas últimas semanas quando não conseguiram acompanhar o Arsenal. E você sabe o jeito que eles perderam a chance de brigar pelo título até o fim? Vi o jogo contra o Crystal Palace, contra oManchester United. As chances que eles perderam são inacreditáveis, você realmente não consegue acreditar e eu vi todas essas chances perdidas. Sem goleiro e eles perderam! São perdedores? Não. São um fracasso? Não. São incríveis e o mesmo time que lutou contra nós todos esses anos”.

Na última rodada, o City enfrenta o West Ham em casa e o Arsenal recebe o Everton.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp

[lwptoc]

Pep Guardiola revelou lesão no olho do goleiro

Após o goleiro Ederson ser substituído por lesão na partida contra o Tottenham, o treinador Pep Guardiola afirmou que o atleta ‘não conseguia enxergar direito’ em entrevista coletiva após a partida que deu ao Manchester City a liderança da competição.

O atleta brasileiro precisou deixar o jogo após sofrer uma lesão no olho em colisão com Christian Romero. O goleiro foi substituído enquanto o Manchester City já vencia o jogo por um gol de diferença. O incidente ocorreu quando Ederson mergulhou para afastar um cruzamento; porém, acabou sendo atingido no rosto pelo joelho do atleta dos Spurs.

Após ser atendido dentro do gramado, Ederson continuou na partida por alguns instantes; no entanto, foi tirado do jogo após errar seu primeiro passe. Stefan Ortega assumiu a posição. Após o jogo, Guardiola revelou que o atleta não teve uma concussão, mas sim um problema no olho.

Ederson não teve uma concussão; ele teve um problema no olho. Ele não conseguia enxergar direito, então o médico disse que eu deveria substituí-lo. Ele levou uma pancada no olho e está inchado. O médico me disse que ele precisava ser substituído. Eu não tinha uma alternativa

Manchester City assumiu a liderança da Premier League

O Manchester City assumiu a liderança da Premier League ao vencer o Tottenham pelo placar de 2 a 0. Erling Haaland marcou os dois gols da vitória dos visitantes. Com o resultado, o time chega na última rodada dependendo apenas de si para ser campeão.

O time de Pep Guardiola atingiu os 88 pontos na competição em 37 rodadas, enquanto o Arsenal é o segundo colocado com 86 pontos. Ambas as equipes venceram as últimas cinco rodadas e chegam em grande momento na rodada final.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Pep Guardiola pareceu incomodado

O treinador Pep Guardiola está cansado das afirmações sobre o sucesso de seu time ser devido ao dinheiro. Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que os títulos não chegam apenas por causa da força financeira, enquanto garantia que sua dominação “não é chata”.

Enquanto o Manchester City busca o quarto título consecutivo da Premier League, tentando manter sua hegemonia, Guardiola garantiu que as conquistas não são banais. O treinador refutou a ideia de que o dinheiro impulsiona sua soberania no futebol inglês, citando outros times como exemplo.

O comandante dos Cityzens afirmou que gastadores como Manchester United, Chelsea e Arsenal deveriam superar sua equipe em taças, seguindo esta lógica. Nas últimas temporadas, esses gigantes gastaram um valor considerável em contratações.

Não é chato. É difícil. Antes era o dinheiro. Por isso, o Manchester United deveria ter ganho todos os títulos, o Chelsea – todos os títulos, o Arsenal – todos os títulos. Eles gastaram tanto dinheiro nos últimos cinco anos quanto nós. Eles deveriam estar lá. Mas não estão. Por isso, o Girona não deveria estar na Liga dos Campeões [na próxima temporada] e o Leicester deveria vencer a Premier League

Aquisições estratégias e gestão de elenco

Embora seja conhecido como uma equipe rica, de grande investimento, o Manchester City é apenas o sétimo lugar em gastos líquidos da Premier League nos últimos cinco anos. O clube aparece significativamente abaixo dos times citados por Pep Guardiola.

O sucesso do Manchester City pode ser atribuído a aquisições estratégicas, enquanto a gestão de elenco também se destaca. A venda de atletas como Gabriel Jesus, Zinchenko e Mahrez, por valores substanciais, é uma prova de sua prudência fiscal.

Briga pelo título

Enquanto Pep Guardiola defende sua equipe nas entrevistas, dentro de campo os jogadores lutam novamente pelo título da Premier League. Nesta terça-feira, o time enfrenta o Tottenham, em jogo que pode colocá-lo na liderança do torneio.

O Arsenal é o grande líder com 86 pontos, porém, a equipe de Guardiola aparece em segundo lugar com um jogo a menos. Caso vença a partida de hoje, o City dependerá apenas de si para ser campeão na última rodada.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

O Bayern de Munique segue em busca de um novo treinador para a próxima temporada. Contudo, a missão não vem sendo fácil. Alguns grandes nomes como Nagelsmann e Julen Lopetegui, recusaram a proposta do clube alemão. Agora, um grande e velho conhecido do Bayern voltou a ser especulado. Segundo o portal Sky Sport, Pep Guardiola pode retornar à Munique para treinar seu antigo clube.

Lembrando que, Guardiola treinou o Bayern entre 2013 e 2016. O catalão seria o nome ideal para substituir Thomas Tuchel. Apesar de ter sido especulado como diversos outros nomes, a assessoria de imprensa de Guardiola tratou de dar um banho de água fria na torcida do clube alemão em relação à possibilidade dele assumir novamente o time.

Pep Guardiola tem o Bayern no coração, mas não quer deixar o Manchester City neste próximo verão. Está muito feliz e tem contrato até 2025, voltar ao Bayern não é opção.

Guardiola já foi multicampeão no Bayern

Guardiola esteve à frente do Bayern de Munique em 161 jogos e conquistou uma série de títulos como 3 Bundesligas, duas Taças da Alemanha e um Mundial de Clubes. Contudo, o técnuico catalão deixou o clube alemão sem ter conseguido conquistar a cobiçada Champions League. Em todas as oportunidades que teve de levantar o caneco continental, Pep Guardiola acabou caindo nas semifinais.

O Manchester City de Pep volta a campo no próximo sábado (11), contra o Fulham, fora de casa. O clube está muito perto de conquistar o título da Premier League mais uma vez. Atualmente, o time de Guardiola ocupa a vice-liderança com 82 pontos, um a menos que o líder, Arsenal. Contudo, o City tem um jogo a menos.

Receba notícias da Bundesliga no seu WhatsApp!

[lwptoc]

O lateral português João Cancelo tem passado por um período turbulento em sua carreira nos últimos anos. Após desentendimentos com o Manchester City, o português foi emprestado ao Bayern de Munique. Após uma temporada na Alemanha, o processo se repetiu, dessa vez para o Barcelona, onde Cancelo diz estar feliz, mas seu futuro não depende apenas dele.

Guardiola vai discutir futuro de Cancelo no fim da temporada

Perguntado sobre João Cancelo nesta quinta-feira (25), Pep Guardiola não abriu o jogo sobre o futuro do atleta. A resposta do treinador foi simples e direta.

“Não discutimos o futuro de Cancelo ainda. Nós vamos discutir o futuro dele no fim da temporada”.

O lateral tem sido uma peça importante no Barcelona. Na temporada atual, o português participou de 26 partidas na La Liga, com dois gols e três assistências, e de dez jogos na Champions League, com dois gols e uma assistência.

Na temporada passada, pelo Bayern de Munique, o português fez apenas 21 atuações pelo gigante alemão. Nesse período, marcou um gol e deu cinco assistências. Cancelo havia se destacado no City, sendo um destro jogando na lateral esquerda.

Comprado por 65 milhões de euros pelo clube inglês em 2019, o camisa 2 se tornou um dos principais jogadores em sua posição. Ele teve 154 jogos com a camisa dos Citizens, conquistando duas Taças da Liga Inglesa, três títulos de Premier League e uma Liga dos Campeões.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp

[lwptoc]

O espanhol Pep Guardiola, tem sido muito vencedor por onde passou como treinador. Seja na Alemanha, com o Bayern de Munique, ou agora, na Inglaterra, com o Manchester City. Apesar disso, Guardiola nunca escondeu seu carinho pelo Barcelona, clube no qual atuou como jogador, e surgiu como um técnico brilhante que mudou o futebol.

Guardiola brincou que seria presidente do Barcelona ‘de graça’

Pep Guardiola participou de uma conversa com a jogadora Aitana Bonmatí, do Barcelona, nesta terça-feira (23). Durante o bate-papo bem humorado, eles discutiram sobre o futuro, em que ambos estariam no Barça, ela como diretora esportiva, e ele como presidente.

Aitana então sugeriu que, como diretora, contrataria Guardiola como treinador. O ex-jogador então respondeu que viria de graça, mas que seria o presidente, e assim, a contrataria.

“Estarei por ali [diretora esportiva], e como você estará treinando até os 80 anos (…) Fico muito grato pela oferta. Mas ainda não a fiz. Eu viria de graça, não se preocupe. Não seria uma questão econômica. Mas tem aqui um problema sobre o qual tenho que te avisar: eu serei o presidente e serei eu que vou te contratar como diretora esportiva”.

Pep terminou rindo, desafiando a atleta sobre quem iria contratar quem. O técnico também esclareceu que poderia continuar em sua função até os 80 anos, mas não significa que ele queira isso. O comandante do City também perguntou para Aitana, de 25 anos, se gostaria de ser treinadora antes de se tornar diretora.

“Quero ser capaz de criar a estrutura, decidir quem entra e quem sai, ser a líder do processo. Quem sabe se acabo sendo treinadora primeiro, não fecho as portas”.

Receba notícias da La Liga no seu WhatsApp

[lwptoc]

Técnico do Manchester City, Guardiola desabafa em coletiva

O Manchester City venceu o Chelsea, pelo placar de 1 a 0, neste sábado (20), e garantiu classificação para a grande final da FA Cup. O único gol da partida foi marcado pelo meio-campista português Bernardo Silva, já na reta final do duelo.

Logo após o confronto, o técnico Pep Guardiola concedeu entrevista coletiva e desabafou. O comandante fez duras críticas ao calendário do futebol inglês. O motivo é que o Manchester City encarou o Real Madrid na última quarta-feira (17), pela quartas de final da Uefa Champions League.

É inaceitável que nos façam jogar hoje. É impossível, para a saúde dos jogadores. Após os 120 minutos (pela Champions League), as emoções de Madrid, a forma como perdemos, honestamente. Sei que este a relação deste país (com a FA Cup) é especial, mas é pela saúde dos jogadores. Não sei como sobrevivemos hoje“, disse o técnico.

Para Guardiola, o Manchester City poderia entrar em campo neste domingo (21), tendo em vista que os demais clubes que estão na disputa da FA Cup não tiveram compromissos no meio de semana.

Você acha que exigir vai mudar alguma coisa? O único poder que tenho, eu uso aqui (nas entrevistas). Por que não jogamos amanhã (domingo, dia 21)? Chelsea, Manchester United e Coventry não jogaram no meio da semana“, completou Guardiola.

[lwptoc]

Bernardo Silva tem sido uma das peças fundamentais no Manchester City de Pep Guardiola. Desde que chegou na Inglaterra em 2017, o português coleciona várias conquistas com o clube. Ao todo, já são 14 títulos com os Cityzens. Recentemente, no entanto, o jogador falhou em um momento crucial, que resultou na eliminação de sua equipe.

Guardiola não vê problema na batida de Bernardo Silva

Durante a disputa de pênaltis entre Manchester City e Real Madrid nesta quarta-feira (17), Bernardo Silva foi um dos jogadores que errou sua cobrança. O português bateu de mandeira inusitada, no meio do gol e com pouca força, quase uma cavadinha. O goleiro ficou parado e defendeu a penalidade. Seu técnico, Pep Guardiola, comentou sobre a batida após a eliminação na Champions League, neste sábado (20).

“Está tudo bem, ele perdeu o pênalti, ele não queria perder. Acontece. Mas estando lá, responsabilidade para todo mundo, quando isso acontece, eu nunca vou julgar. Eu tenho grande respeito”.

Guardiola e seu elenco agora mudam o foco para a Premier League. O City lidera o Campeonato Inglês com 73 pontos, na frente do Liverpool e do Arsenal, com 71. Com seis rodadas restantes, o time precisará manter a concentração para garantir o que seria o quarto troféu inglês consecutivo.

Sem dúvida, Bernardo será fundamental para o desempenho da equipe nesta reta final. Ao lado de Haaland e De Bruyne, Silva tem sido um dos principais destaques da equipe há muitos anos.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp

Receba notícias da Champions League no seu WhatsApp

[lwptoc]

Haaland se torna problema para o Manchester City

Pep Guardiola, o treinador do Manchester City, revelou uma nova “dor de cabeça” com Erling Haaland. O jogador sentiu uma lesão na partida contra o Real Madrid, válida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, e por isso precisou deixar o gramado antes da disputa por pênaltis.

Com a equipe eliminada na competição europeia, agora o artilheiro pode se tornar uma ausência nos jogos restantes da temporada, enquanto o Manchester City encara uma briga acirrada pelo título inglês com Arsenal e Liverpool.

O jogador deve perder a semifinal da Copa da Inglaterra contra o Chelsea, que acontece neste sábado. Antes do confronto, Guardiola conversou com a imprensa e falou mais sobre a situação do atacante norueguês, revelando a lesão.

Erling, veremos. Não sei, não sou médico. Ele disse que sentiu algumas dores e veremos sua evolução nas próximas horas. Foi um jogo difícil [contra o Madrid]. 120 minutos de ação. Alta intensidade para ambos os lados. Erling sentiu algo. Um problema muscular que o impediu de continuar.

Após um desempenho fantástico na temporada passada, em 2023/24 a situação é diferente para Erling Haaland. O atacante não está no mesmo nível e até mesmo tem sido vítima de críticas fortes; no entanto, segue sendo o artilheiro do Manchester City.

Mesmo com a atual temporada sendo marcada por diversos contratempos devido a lesões, o atacante norueguês continua mostrando sua importância para o clube comandado por Pep Guardiola. O jogador é o artilheiro da Premier League com gols marcados em 26 jogos. Haaland também deu 5 assistências no torneio.

Kevin de Bruyne em campo contra o Chelsea

Além de Erling Haaland ter sido substituído contra o Real Madrid, o meio-campista Kevin de Bruyne também deixou o campo antes da disputa de pênaltis. No entanto, o belga não está lesionado. Guardiola explicou que a substituição foi devido ao cansaço do jogador. De Bruyne enfrentará o Chelsea.

Kevin estava exausto após cinco meses fora por lesão. Isso é normal. Veremos amanhã. É normal. O número de jogos nesta temporada e nas temporadas anteriores, não muito tempo de recuperação e prorrogação e alta intensidade do jeito que jogamos. Nós colocamos muita pressão em nosso jogo. Eles são seres humanos, não máquinas, e às vezes a fadiga está presente.”

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Guardiola não sabe onde Manchester City pecou

O Manchester City foi eliminado pelo Real Madrid nas quartas de final da Liga dos Campeões, sendo derrotado em uma disputa por pênaltis diante de sua torcida. Após o empate histórico por 3 a 3 na Espanha, as equipes ficaram no empate por 1 a 1 no Etihad Stadium.

Após o jogo, Pep Guardiola afirmou que sua equipe fez tudo o que poderia ter feito na partida. O treinador acredita que sua equipe deveria se classificar; no entanto, explicou que momentos como este fazem parte do futebol. O treinador não soube responder o que sua equipe precisaria ter feito melhor no duelo.

Em outro esporte, pelas estatísticas, por qualquer motivo teríamos vencido. Mas há uma coisa maravilhosa sobre o futebol. O que podemos fazer é simplesmente jogar como jogamos.

 

Manchester City busca taças na Inglaterra

Com o sonho do segundo triplete consecutivo chegando ao fim, o Manchester City agora tem o objetivo de manter sua hegemonia na Inglaterra. A equipe disputa os dois principais títulos nacionais, após ter erguido estes mesmos troféus na temporada passada.

Liderando a Premier League com 73 pontos em 32 rodadas, o clube comandado por Pep Guardiola depende apenas de si mesmo para garantir o título. Enquanto Arsenal e Liverpool ocupam, são segundo e terceiro colocados, respectivamente, com 71 pontos, restam apenas seis jogos para o torneio chegar ao fim.

O Manchester City também briga pelo título da Copa da Inglaterra. A equipe está classificada para a semifinal do torneio, onde enfrentará o Chelsea. O clube decidirá uma vaga com a equipe de Mauricio Pochettino em jogo único, que acontece no próximo domingo.

Receba notícias da Champions League no seu WhatsApp!

[lwptoc]

Guardiola não teme o time espanhol

Antes do duelo entre Manchester City e Real Madrid pela Liga dos Campeões, o treinador Pep Guardiola afirmou que não tem medo dos merengues. Após o empate histórico por 3 a 3 no Santiago Bernabéu, sua equipe precisa da vitória para seguir defendendo seu título na competição.

Em entrevista, o treinador espanhol mostrou muita confiança em seu grupo de jogadores. Guardiola, que tem uma grande história de rivalidade com o Real Madrid, garantiu não temer o clube da capital da Espanha; no entanto, também demonstrou respeito pelo adversário.

“Não tenho medo deles. Mas tenho muito respeito. Já os enfrentei muitas vezes. Respeito o Real Madrid, mas se disser que tenho medo deles, estaria mentindo”, disse o treinador do City.

Falando sobre o confronto decisivo na competição europeia, Pep Guardiola também garantiu que gosta da pressão em jogos como este. O treinador do Manchester City acredita que a pressão serve como uma motivação importante para alcançar vitórias.

Se a pressão está do lado do Real Madrid? Espero que não. Precisamos dessa pressão se não quisermos perder o jogo. Precisamos dessa fome para jogar contra estas equipas. Gostaríamos de ter mais dias para nos prepararmos, mas é o que é. 24 horas por dia é muito para podermos encontrar um caminho, e temos pessoas para nos ajudar. Trata-se de tomar as decisões certas. É melhor jogar na quarta e no sábado do que não estar aqui.

Grande jogo ocorre nesta quarta-feira

Após a partida de ida ser marcada por uma chuva de golaços e reviravoltas, ambas as equipes precisam da vitória no Etihad Stadium para seguir na competição. O empate por 3 a 3 no primeiro jogo indica que a partida de volta tem tudo para ser digna dos grandes elencos.

Ambos os clubes chegam para o confronto em grande momento na temporada, liderando as ligas nacionais de seus respectivos países. Enquanto o Real Madrid tem uma vantagem confortável na La Liga, o Manchester City encara uma briga acirrada, com Arsenal e Liverpool, pelo título da Premier League.

A bola vai rolar para Manchester City e Real Madrid a partir das 16h, nesta quarta-feira, dia 14. O jogo decisivo terá transmissão pelo Max (serviço de streaming).

Receba notícias da Champions League no seu WhatsApp.

[lwptoc]

Depois de impressionar a todos durante a última Copa do Mundo, o zagueiro croata Joško Gvardiol continua sua ascensão, agora com o Manchester City. Desde que chegou ao clube inglês, tem sido um dos destaques na Premier League, impressionando seu treinador, Pep Guardiola.

Gvardiol elogiado por Guardiola

Após o empate por 3 a 3 contra o Real Madrid nesta terça-feira (09), pelo jogo de ida das quartas de final da Champions League, Pep Guardiola não poupou elogios ao seu defensor croata, Gvardiol. Além de fazer uma partida segura na defesa, o zagueiro foi ao ataque e marcou um golaço de fora da área, mostrando suas qualidades como jogador.

“Nós somos sortudos por Joško Gvardiol estar com nós e poder jogar, caso contrário teria sido tão difícil. Foi um esforço incrível, não só no gol. Ele foi fantástico, ele jogou muito bem. É um cara adorável, estou muito feliz por tê-lo”.

Com apenas 22 anos de idade, o atleta mostra um potencial incrível. Isso pode ser observado pela sua trajetória, mudando para times cada vez melhores em pouco tempo. Após início no Dínamo Zagreb, ele foi transferido ao RB Leipzig pelo alto valor de 36,8 milhões de euros.

Seu bom desempenho na Alemanha culminou no seu valor aumentando muito. Em 2023, o jovem jogador se juntou ao Manchester City por incríveis 90 milhões de euros. Gvardiol, no entanto, está mostrando que o alto investimento valeu a pena.

[lwptoc]

Rodri não fez grande partida contra o Real Madrid

No empate incrível por 3 a 3 entre Real Madrid e Manchester City, Rodri foi um dos jogadores mais apagados do time inglês. No confronto válido pela ida das quartas de final da Liga dos Campeões, o meio-campista esteve muito abaixo do que costuma demonstrar dentro de campo.

Na partida extremamente movimentada, repleta de golaços e marcada por duas viradas, o jogador não conseguiu ter o controle de meio-campo que é comum em seus jogos. Após o duelo, Rodri culpou o cansaço e avisou que precisa ser poupado para se recuperar.

“Eu realmente preciso de um descanso, vamos ver como lidamos com a situação. Às vezes, preciso me ajustar, mas é o que é”, disse Rodri para os repórteres.

Rodri atravessa série incrível de invencibilidade

Com o empate contra o Real Madrid, Rodri ampliou uma sequência incrível de invencibilidade. O meio-campista do Manchester City não perde um jogo desde o dia 5 de fevereiro de 2023, quando os Citizens foram derrotados pelo Tottenham.

Rodri chegou ontem aos 65 jogos sem derrota, contabilizando jogos pela sua equipe e pela seleção da Espanha. Sendo extremamente importante para o clube, o jogador espanhol não estava em campo justamente na última derrota do City, em jogo contra o Aston Villa realizado em dezembro de 2023.

Próximo jogo do Manchester City

O jogador, que marcou o gol do título da Liga dos Campeões, na final contra a Inter de Milão, poderá ser poupado no próximo jogo de sua equipe na Premier League. O Manchester City, que busca o título da Premier League, enfrentará o Luton Town, último colocado da liga inglesa.

Com 70 pontos conquistados em 31 partidas disputadas, o time comandado por Pep Guardiola está um ponto atrás de Arsenal e Liverpool, primeiro e segundo colocados respectivamente. Guardiola afirmou que seu time precisará vencer todos os jogos para buscar o título da competição na reta final.

[lwptoc]

Real Madrid e City em uma possível final antecipada

O Real Madrid recebe o Manchester City nesta terça-feira (09) às 16h, horário de Brasília, no Santiago Bernabéu, em Madrid, na Espanha, pelo primeiro jogo das quartas de final da Champions League. A partida terá transmissão na TV aberta no SBT, na TV fechada pela TNT Sports e em streaming pelo Max.

Como chega o Real Madrid

Líder absoluto da La Liga com 75 pontos, os merengues estão encaminhados para mais um título nacional. São oito pontos de vantagem para o Barcelona em segundo, e dez a frente do Girona em terceiro. A equipe de Carlo Ancelotti faz um ótimo tornei, com apenas uma derrota em 30 jogos.

Na Liga dos Campeões, tiveram um duelo difícil contra o RB Leipzig nas oitavas de final. Após vencerem o jogo de ida na Alemanha por 1 a 0, os espanhois empataram em casa por 1 a 1, garantindo a classificação para as quartas. Nos últimos cinco jogos, são três vitórias e dois empates.

Como chega o Manchester City

Terceiro colocado da Premier League com 70 pontos, os atuais campeões da tríplice coroa seguem vivos no Campeonato Inglês. A equipe de Pep Guardiola está apenas um ponto atrás do Liverpool em segundo, que tem a mesma pontuação do líder Arsenal.

Pela UCL, o City confirmou seu favoritismo e eliminou o Copenhague nas oitavas de final. Curiosamente, os ingleses venceram os jogos de ida e volta pelo mesmo placar de 3 a 1. Em suas últimas cinco partidas, os cityzens acumulam três vitórias e dois empates.

FICHA TÉCNICA

CHAMPIONS LEAGUE

ONDE ASSISTIR: SBT, TNT Sports, Max

HORA: 16h (horário de Brasília)

DATA: 09 de abril (terça-feira)

LOCAL: Santiago Bernabéu ( Madrid)

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Real Madrid – Técnico: Carlo Ancelotti

Lunín; Carvajal, Nacho, Rüdiger e Mendy; Tchouaméni e Kroos; Valverde e Bellingham; Rodrygo e Vinicius Junior.

Manchester City – Técnico: Pep Guardiola

Ederson; Rico Lewis, John Stones, Rúben Dias, Akanji; Bernardo Silva, Rodri, De Bruyne; Doku, Haaland, Phil Foden.

[lwptoc]

Pep Guardiola exaltou seu meio-campista Kevin De Bruyne, após a vitória de virada do Manchester City contra o Crystal Palace neste sábado (06). O técnico disse: “me deem jogadores como Kevin”. Na partida válida pela 32ª rodada da Premier League, De Bruyne contribuiu com dois gols e uma assistência para o triunfo por 4 a 2.

Kevin De Bruyne, lenda do City

Guardiola começou dizendo como o meia é um dos melhores jogadores da história do clube, citando suas qualidades, principalmente do último jogo.

“Dez anos no Manchester City, os números, a presença e a consistência têm sido fantásticos. É um dos melhores de toda a história do Manchester City. O primeiro gol é inacreditável, o outro também. A assistência para o Erling foi muito boa”.

O treinador também admitiu que, talvez sem camisa 17, não teriam vencido o confronto, e fez seu pedido ao clube.

“O Kevin venceu o jogo. Sem o Kevin, talvez não tivéssemos sido capazes de vencer. Podemos falar de táticas, mas me deem mais jogadores como o Kevin”.

Lidando com lesões nesta temporada, o ídolo do City atuou em apenas 11 partidas nesta edição do Campeonato Inglês. Ainda assim, seu impacto é evidente, tanto individualmente, como para seus companheiros. Em suas 11 aparições, De Bruyne marcou três gols e deu seis assistências.

[lwptoc]

Guardiola rebateu comentário da lenda do United

Após o empate entre Manchester City e Arsenal no último final de semana, o atacante Erling Haaland foi alvo de críticas pesadas. Roy Keane, ex-jogador da Premier League, afirmou que o atleta do City parece um jogador da “League Two”, a quarta divisão do futebol inglês.

Além de ter passado em branco no jogo decisivo, Haaland não fez uma boa atuação e perdeu uma grande chance de dar a vitória ao seu time. Após o jogo, Keane valorizou o desempenho de Haaland na frente do gol, afirmando que o jogador tem talento na finalização; no entanto, criticou o nível de jogo geral do atleta.

Na Sky Sports, o ídolo do Manchester United não pegou leve com o atacante norueguês:

“O nível do seu jogo geral é muito ruim. Não apenas hoje, acho que sua capacidade de segurar a bola, cabecear, seja o que for – na frente do gol ele é o melhor do mundo – mas para o seu jogo geral, para um jogador desses, é muito ruim, ele tem que melhorar isso. Ele é quase como um jogador da League Two, é assim que eu o vejo. Seu jogo geral precisa melhorar, e vai melhorar nos próximos anos”, disse o Roy Keane.

Guardiola rebateu comentários

Falando sobre as críticas de Roy Keane, o treinador Pep Guardiola se mostrou surpreso por um ex-jogador demonstrar não ter grande empatia com um atleta jovem. O técnico do Manchester City afirmou que, quando se aposentar, não terá a mesma postura com seus colegas de profissão.

Citando árbitros aposentados que criticam outros que estão agora na profissão, Guardiola afirmou que esse tipo de atitude é surpreendente. O treinador acredita que ex-jogadores devem entender os problemas enfrentados pelos atletas da atualidade.

Estou surpreso quando vem de ex-jogadores. É como árbitros quando se aposentam, eles sempre criticam os árbitros. Isso sempre me surpreende. A memória desaparece rapidamente. Os problemas que os jogadores têm agora, eles também tinham. Eles perderam milhares, milhões de vezes e ficaram magoados quando foram criticados por ex-jogadores. Eu não sei o que vai acontecer no futuro, mas não sou um cara que vai criticar meus colegas quando me aposentar.

Após balançar as redes 52 vezes em 53 jogos na temporada passada, em 2023/24 Haaland não repetiu o mesmo desempenho, apesar de ainda ter bons números. Nesta temporada, o norueguês participou de 35 jogos e marcou 29 gols.

[lwptoc]

Após o empate contra o Arsenal neste domingo (31), Pep Guardiola, técnico do Manchester City, foi questionado sobre uma bronca que deu em Grealish no fim da partida. Incomodado, Guardiola decidiu responder com ironia, dizendo que precisa da atenção das câmeras.

Guardiola sarcástico

“Faço isso para as câmeras, para o meu ego. Eu sou o famoso do time e preciso que as câmeras em mim para dormir com satisfação. Sempre tento criticar jogadores lá e deixá-los saber o quão ruins eles são. Especialmente quando Erling [Haaland] faz três gols, as câmeras têm que estar voltadas para mim”.

O treinador já foi visto instruindo seus jogadores de forma enfática, mesmo depois dos 90 minutos. De qualquer forma, não parece ser algo que incomoda Guardiola ou seus atletas. O City segue vivo na briga pelos títulos mais importantes da temporada.

Na Premier League, o clube se encontra na terceira posição com 64 pontos. Na frente estão o Arsenal, em segundo com 65 pontos, e o Liverpool, líder com 67. Com nove rodadas restantes no campeonato, qualquer um desses times pode levantar a taça da PL. Seria a quarta conquista consecutiva de Pep.

Na Liga dos Campeões, o City passou pelo Copenhage nas oitavas de final pelo placar agregado de 6 a 2. Nas quartas, a equipe inglesa enfrenta o Real Madrid, no que para muitos será uma final antecipada. Na Copa da Inglaterra, Guardiola enfrentará o Chelsea na semifinal.

[lwptoc]

O Manchester City recebe o Aston Villa nesta quarta-feira (03) no Etihad Stadium, em Manchester, na Inglaterra, às 16:15h, horário de Brasília, em partida válida pela 31ª rodada da Premier League. O jogo terá transmissão exclusiva na plataforma de streaming Star+.

Manchester City em busca da liderança

O City se encontra atualmente em terceiro lugar com 64 pontos. A equipe do treinador Pep Guardiola está um ponto atrás do Arsenal em segundo, e três pontos atrás do líder Liverpool. O Aston Villa, que faz ótima campanha, se encontra em quarto, com 59 pontos, mas com um jogo a mais que o Tottenham Hotspur três pontos atrás.

Este confronto tem implicações muito importantes, tanto para o título inglês, como na classificação para a Liga dos Campeões. Os atuais campeões, vindo de um empate contra o Arsenal, precisam da vitória em casa para se manterem na cola do Liverpool. O Villa, com um jogo a mais, vai buscar pontos para manter sua vaga na Champions League.

Manchester City x Aston Villa: possíveis escalações

Guardiola tem desfalques importantes com o goleiro Ederson e o lateral Kyle Walker. O City deve vir com Ortega; Lewis, Dias, Akanji, Gvardiol; Rodri, Kovacic; Doku, DeBruyne, Grealish; Haaland.

O Aston Villa, do técnico Unai Emery, deve vir com Martines; Konsa, Diego Carlos, Torres, Digne; Bailey, Douglas Luiz, Tielemans, Rogers; Diaby, Duran.

[lwptoc]

Guardiola não pretende continuar no Manchester City

De acordo com a imprensa britânica, o treinador Pep Guardiola decidiu que deixará o Manchester City e já sabe até mesmo quando vai se despedir do clube inglês. Guardiola teria chegado à decisão de que não renovará seu contrato, que expira em 2025.

Segundo informações do Football Insider, o técnico espanhol não pretende assinar uma renovação com sua equipe atual. Guardiola está no comando do Manchester City há oito anos e agora quer encerrar sua passagem pelo gigante europeu.

De acordo com a imprensa britânica, o treinador espanhol deve seguir os passos de Jurgen Klopp, que deixará o Liverpool no final da temporada e entrar em um período de descanso. Quando encerrar seu contrato com o Manchester City, Guardiola deve começar um ano sabático.

Treinador é multicampeão com a equipe inglesa

Caso Pep Guardiola realmente deixe o clube em 2025, o Manchester City sofrerá um golpe pesado e precisará encontrar um treinador no mesmo nível. Desde que chegou à Inglaterra, o técnico espanhol coleciona troféus no comando da equipe.

Criando uma hegemonia na Premier League, com diversos títulos, Pep Guardiola também conquistou outras taças nacionais com o clube. Além disso, o espanhol deu a primeira Liga dos Campeões da história ao Manchester City, atingindo o grande objetivo. O clube inglês também venceu o Mundial com o treinador.

Na temporada atual, Pep tenta repetir o triplete. Com o City estando dois pontos atrás do Arsenal, líder da Premier League, a equipe segue viva na briga pelo título. O clube também está na semifinal da Copa da Inglaterra, além de estar classificado nas quartas de final da Liga dos Campeões.

[lwptoc]

Lateral comentou sua saída do Manchester City

Em entrevista, o lateral João Cancelo abriu o jogo e revelou mais detalhes sobre sua saída do Manchester City, afirmando que mentiras foram contadas. O jogador português deixou o clube inglês após alguns problemas com o treinador Pep Guardiola.

João Cancelo defende atualmente o Barcelona, por empréstimo, e não se arrepende de ter deixado o time de Manchester, mesmo com todos os títulos conquistados recentemente pela equipe, incluindo a Liga dos Campeões da Europa.

Em entrevista para o jornal A Bola, João Cancelo afirmou que saiu do Manchester City com mentiras sendo contadas a seu respeito. O lateral da seleção portuguesa garantiu que não teve qualquer problema de relacionamento com Nathan Aké e Rico Lewis.

Mentiras foram contadas. Nunca fui um mau companheiro para eles. Pode perguntar tanto ao Aké como ao Rico. Não tenho nenhum complexo de superioridade ou inferioridade em relação a eles, mas é a opinião do mister.

Lateral diz que torcida vai acreditar apenas em Guardiola

Na época, o treinador Pep Guardiola afirmou que João Cancelo se mostrou insatisfeito enquanto Aké e Lewis conquistavam espaço no grupo do Manchester City. No entanto, agora o lateral afirma que isso não é verdade.

As pessoas só vão se lembrar disso porque o mister Guardiola tem muito mais força do que eu quando diz alguma coisa e eu prefiro estar na minha. Prefiro saber que estou dizendo verdade. Me sinto realizado com aquilo que fiz. Sou uma pessoa transparente, nunca menti. A vida segue e desejo que corra tudo bem a eles, porque enquanto lá estive desfrutei do meu futebol e do clube

Feliz no Barcelona, João Cancelo deseja continuar na equipe na próxima temporada. Com o lateral português, o clube comandado por Xavi Hernández ocupa a segunda posição da La Liga e está nas quartas de final da Liga dos Campeões. O Barcelona enfrentará o PSG nesta fase da competição europeia.

[lwptoc]